23/07/2024 +55 (83) 98773-3673

Educação

Andre@zza.net

UFPB oficializa retorno das aulas na próxima segunda-feira (1º)

Ainda segundo o comunicado, a PRG submeterĂĄ proposta de reposição das aulas em reunião prevista para a próxima quinta-feira (4)

Por Blog do Elias Hacker 29/06/2024 às 12:58:10

UFPB convoca 413 candidatos da 1ª lista de espera do SiSU 2ª edição 2023. Foto: Reprodução / UFPB

A Pró-reitoria de Graduação (PRG) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) divulgou um ofício em que anuncia, para a próxima segunda-feira (1Âș de julho), o retorno das atividades acadĂȘmicas do calendĂĄrio letivo 2024.1, que haviam sido paralisadas pelos docentes que aderiram à greve da categoria.

A Pró-reitora de Graduação, professora Silvana Maciel, disse que a PRG recebeu ofício da Diretoria Executiva da Associação dos Docentes da Universidade Federal da Paraíba (ADUFPB) informando sobre o final da greve da categoria docente da UFPB e retorno das atividades dos professores que haviam realizado paralisação.

O ofício da PRG informa que as aulas da graduação ministradas pelos docentes que não aderiram à greve prosseguem normalmente, conforme programação dos componentes curriculares para o semestre letivo vigente e plano de aula inserido no Sistema Integrado de Gestão de Atividades AcadĂȘmicas (SIGAA);

JĂĄ as aulas da graduação ministradas pelos docentes aderentes ao movimento grevista serão iniciadas em 1Âș de julho de 2024 (segunda-feira), em face do fim da greve da categoria.

Ainda segundo o comunicado, a PRG submeterĂĄ proposta de reposição das aulas dos componentes curriculares afetados pelo movimento paredista para apreciação do Consepe. A reunião em que os conselheiros debaterão o assunto estĂĄ prevista para a quinta-feira (4).

O comunicado ressalta, ainda, que a reposição de aula é uma medida administrativa necessĂĄria para o cumprimento da Lei de Diretrizes e Bases da Educação – LDB (Lei nÂș 9.394/1996), que estabelece a obrigatoriedade das instituições de ensino de assegurar o cumprimento dos dias letivos e horas-aulas determinados na legislação.

Fonte: Portal Correio

Comunicar erro
ComentĂĄrios