29/05/2024 +55 (83) 98773-3673

PolĂ­tica

Andre@zza.net

Pimenta usa celular durante fala de Lula e leva cutucada de Janja; veja o vídeo

Por Blog do Elias Hacker 16/05/2024 às 09:39:21

Durante um evento oficial no Rio Grande do Sul, a primeira-dama Janja Lula da Silva protagonizou um momento que chamou a atenção dos presentes ao intervir diretamente para garantir a atenção do novo ministro extraordinĂĄrio da Reconstrução do Estado, Paulo Pimenta. O episódio ocorreu enquanto o presidente Luiz InĂĄcio Lula da Silva (PT) fazia um discurso sobre novas medidas de ajuda para as pessoas afetadas pelas recentes enchentes no estado.

O presidente Lula estava em viagem ao Rio Grande do Sul para anunciar um pacote de medidas emergenciais destinadas a socorrer as famílias impactadas pelas enchentes que devastaram diversas regiões do estado. A cerimônia contou com a presença de vĂĄrias autoridades, incluindo o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luis Roberto Barroso, e o ministro extraordinĂĄrio da Reconstrução do Estado, Paulo Pimenta.

Durante o discurso de Lula, Janja notou que Paulo Pimenta estava distraído mexendo em seu celular. Demonstrando seu compromisso com a seriedade do evento, ela passou o braço por cima de Luis Roberto Barroso, que estava sentado ao seu lado direito, e cutucou o ministro. Imediatamente, Pimenta guardou o aparelho e voltou a prestar atenção no presidente.

Esse incidente destaca uma postura firme que o presidente Lula tem mantido em relação ao uso de celulares durante eventos e reuniões oficiais. Em julho de 2023, Lula deixou clara sua aversão ao uso excessivo de dispositivos móveis em ambientes formais. "No meu gabinete da PresidĂȘncia, ninguém entra com telefone celular. O cara marca uma coisa com o presidente e, daqui a pouco, estĂĄ lĂĄ, o presidente sentado, e o cara no celular, conversando com alguém que ele não marcou audiĂȘncia", declarou Lula durante sua extinta live semanal "Conversa com o Presidente", onde era entrevistado pelo jornalista Marcos Uchôa.

Assista:


Lula destacou que se "autoeducou" para não se tornar dependente da tecnologia, uma prĂĄtica que ele encoraja entre seus colegas e funcionĂĄrios. Para ele, a atenção plena durante as reuniões e eventos públicos é essencial para a eficĂĄcia da governança e para o respeito mútuo entre os participantes.

O evento no Rio Grande do Sul foi marcado por importantes anúncios feitos pelo presidente Lula. O governo federal, em parceria com o governo estadual, delineou um plano abrangente de apoio às vítimas das enchentes, incluindo a liberação de verbas emergenciais, a reconstrução de infraestruturas danificadas e o fornecimento de assistĂȘncia direta às famílias afetadas.

O gesto de Janja chamou atenção tanto da mídia quanto dos presentes, servindo como um lembrete da postura exigente do presidente Lula sobre a concentração e o compromisso durante os eventos oficiais. Analistas políticos consideram que essa atitude reforça a imagem de um governo focado e disciplinado, especialmente em momentos de crise.

Nas redes sociais, o episódio gerou discussões sobre a etiqueta e a profissionalidade em eventos públicos. Muitos elogiaram a intervenção de Janja como necessĂĄria e apropriada, enquanto outros criticaram o que consideraram uma atitude excessivamente rigorosa.

A relação do presidente Lula com a tecnologia e os dispositivos móveis tem sido marcada por uma tentativa constante de equilibrar a modernidade com a necessidade de atenção plena. Desde seu retorno ao PalĂĄcio do Planalto, Lula tem enfatizado a importância de reuniões produtivas e sem distrações. Em suas declarações, ele frequentemente menciona que a presença de celulares em reuniões pode minar a seriedade das discussões e desviar o foco das questões importantes.

Como novo ministro extraordinĂĄrio da Reconstrução do Estado, Paulo Pimenta enfrenta o desafio de liderar os esforços de recuperação em um momento crítico para o Rio Grande do Sul. Sua função exige total dedicação e foco, especialmente diante da magnitude dos danos causados pelas enchentes. A intervenção de Janja, embora simples, pode ser vista como um lembrete simbólico da necessidade de comprometimento integral com as responsabilidades do cargo.

O episódio envolvendo a primeira-dama Janja Lula da Silva e o ministro Paulo Pimenta durante o discurso do presidente Lula no Rio Grande do Sul ilustra a ĂȘnfase do governo na seriedade e no compromisso com as funções públicas. Em meio a uma crise causada pelas enchentes, o governo federal mostra-se atento e proativo na implementação de medidas emergenciais para socorrer as vítimas e reconstruir as ĂĄreas afetadas.

A política de Lula contra o uso de celulares durante reuniões e eventos oficiais reflete sua crença na importância da atenção plena e do respeito mútuo entre os participantes. A intervenção de Janja destaca a necessidade de total concentração e seriedade no trato das questões de estado, especialmente em momentos de crise.

Com a continuidade das ações de reconstrução e apoio às vítimas das enchentes, espera-se que a postura rigorosa e atenta do governo contribua para uma recuperação eficiente e justa para todos os afetados no Rio Grande do Sul.

Fonte: agoranoticiasbrasil.com.br/

Comunicar erro
ComentĂĄrios