23/07/2024 +55 (83) 98773-3673

SaĂșde

Andre@zza.net

Gaslighting: 7 sinais do abuso que você não deve ignorar

É importante conhecer os sinais de gaslighting para garantir que vocĂȘ esteja em relacionamentos seguros e saudĂĄveis

Por Blog do Elias Hacker 09/07/2024 às 09:25:48

Créditos: tatianazaets/DepositPhotos

Gaslighting é uma forma de violĂȘncia sutil, que costuma ocorrer nos relacionamentos, principalmente nos afetivos, mas pode acontecer também em relações de amizade, familiar e profissional.

Geralmente, o abusador pratica o gaslighting com a intenção de enganar alguém especialmente para sua própria vantagem. Assim, acaba fazendo a com que a vítima duvide de si mesma e de sua própria sanidade.

Esse termo vem do filme "Gaslight" de 1944, em que um marido manipula sua esposa para que ela acredite que estĂĄ perdendo a razão.

Reconhecer o gaslighting é difícil porque normalmente é feito por alguém em quem vocĂȘ confia – como um parceiro, por exemplo.

"Se vocĂȘ estĂĄ sofrendo com o gaslighting, pode parecer um jogo de cabo de guerra ou uma relação de amor e ódio, diz a psicóloga Alice Teixeira.

"VocĂȘ se sente humilhado e não é bom o suficiente, embora tenha feito esforços para impressionar o abusador", continua.

"A pessoas quase sempre invalidarĂĄ seus sentimentos. VocĂȘ pode se sentir emocional e fisicamente esgotado após a maioria das interações com ela."

O gaslighting é uma forma de abuso emocional que pode ter efeitos duradouros na saúde mental
Créditos: tatianazaets/DepositPhotos
O gaslighting é uma forma de abuso emocional que pode ter efeitos duradouros na saúde mental

Sinais de gaslighting

  1. O manipulador minimiza ou invalida constantemente seus sentimentos;
  2. Ele evita assumir a responsabilidade por suas ações;
  3. O manipulador frequentemente nega eventos ou situações que aconteceram, mesmo quando a outra pessoa tem certeza de que são reais;
  4. A pessoa que pratica gaslighting contradiz a vítima constantemente, mesmo sobre coisas triviais, criando um ambiente de confusão e dúvida.
  5. A pessoa pode tentar isolar a vítima de amigos e familiares, fazendo-a duvidar das intenções das pessoas ao seu redor e aumentando a dependĂȘncia do manipulador;
  6. Ela usa palavras como paranóico, exageradamente reativo, dramĂĄtico, excessivamente sensível ou louco;
  7. O gaslighter pode usar elogios e carinhos para confundir ainda mais a vítima, misturando momentos de afeto com manipulação para criar um ciclo de dependĂȘncia emocional.

Como o gaslighting afeta a saúde mental?

O gaslighting é uma forma grave de abuso emocional que pode ter efeitos devastadores na autoestima e saúde mental.

Ao fazer com que a pessoa duvide de sua própria realidade, memória e sanidade, o gaslighting pode minar a autoestima, a confiança e a capacidade de tomar decisões.

Esse tipo de abuso também pode gerar ou agravar a ansiedade e a depressão. Isso porque gera uma espiral consistente de confusão.

A constante dúvida sobre a própria percepção da realidade e a invalidade dos próprios sentimentos e experiĂȘncias podem criar um estado contínuo de estresse e insegurança.

A vítima pode se sentir constantemente no limite, preocupada com a possibilidade de estar errada ou "louca".

Como superar o gaslighting?

Ao perceber estar sendo vítima de gaslighting, é importante buscar apoio. Reconecte-se com amigos e familiares de confiança que podem ajudar na sua validação emocional.

Além disso, a ajuda psicológica é fundamental. Um terapeuta pode ajudar a reconstruir a autoestima e a confiança, fornecendo ferramentas para reconhecer e lidar com a manipulação emocional ou até mesmo sair desse relacionamento.

Fonte: Catraca Livre

Comunicar erro
ComentĂĄrios