16/07/2024 +55 (83) 98773-3673

Geral

Andre@zza.net

AGORA: PF intima Mauro Cid novamente

Por Blog do Elias Hacker 12/06/2024 às 18:08:25

Na última atualização sobre o caso das joias sauditas supostamente negociadas pelo governo Bolsonaro, a Polícia Federal (PF) tomou uma medida significativa. O tenente-coronel Mauro Cid, ex-ajudante de ordens do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), foi intimado para um novo depoimento. Este movimento sugere um desenvolvimento crucial nas investigações em curso.

Cid, que já é um delator em inquéritos relacionados ao ex-presidente, é obrigado a prestar esclarecimentos sempre que solicitado pelos investigadores. Junto com ele, seu pai, o general Mauro Lourena Cid, também foi intimado. A investigação se concentra na alegação de que o governo Bolsonaro teria recebido joias sauditas e, posteriormente, as colocado à venda nos Estados Unidos.

O próximo depoimento está marcado para terça-feira (18) na sede da PF em Brasília e é esperado que ocorra de forma presencial. Esta não é a primeira vez que Mauro Cid é chamado para esclarecimentos. Seu último depoimento ocorreu em 26 de abril, durante uma fase da investigação conduzida em cooperação com o FBI nos Estados Unidos. Naquela ocasião, ele forneceu detalhes sobre a negociação das joias em joalherias norte-americanas.

A investigação ganhou força com a obtenção de imagens das transações envolvendo as joias valiosas nos EUA. Essas evidências confirmaram a participação de mais uma pessoa no esquema em questão. O agendamento de novos depoimentos pela PF coincide com a revelação de um novo elemento no caso por parte da CNN. Um item valioso, até então desconhecido, foi descoberto durante a investigação conduzida pelos agentes nos Estados Unidos.

Estes novos depoimentos marcam uma etapa crucial na conclusão do inquérito pela PF. Espera-se que o caso seja relatado ao Supremo Tribunal Federal (STF) até o final deste mês. É importante destacar que o ex-presidente Jair Bolsonaro sempre negou qualquer envolvimento em atividades irregulares.

Esta última movimentação na investigação das joias sauditas recebidas pelo governo Bolsonaro destaca a seriedade e a abrangência das medidas tomadas pela Polícia Federal para esclarecer as circunstâncias dessas transações e responsabilizar os envolvidos, caso haja evidências de irregularidades.

O desenrolar desses acontecimentos continuará a ser acompanhado de perto pela imprensa e pelo público em geral, à medida que novas informações forem surgindo e a investigação avançar em direção a uma possível conclusão.

Fonte: agoranoticiasbrasil.com.br/

Comunicar erro
Comentários