12/06/2024 +55 (83) 98773-3673

Economia

Andre@zza.net

Dólar ultrapassa R$ 5,35 com dados de inflação no Brasil

Por Blog do Elias Hacker 10/06/2024 às 10:18:12

O dólar subia frente ao real nas negociações desta segunda-feira, 10, em linha com os ganhos da divisa norte-americana no exterior, abrindo uma semana que terá a divulgação de dados de inflação no Brasil e nos Estados Unidos e das decisões de taxa de juros do Federal Reserve e do Banco do Japão.

Às 9h48, O dólar à vista subia 0,5%, a 5,3511 reais na venda. Na B3, o contrato de dólar futuro de primeiro vencimento caía 0,39%, a 5,344 reais na venda. Veja cotações.

Na sexta-feira, o dólar à vista encerrou o dia cotado a R$ 5,3247 na venda, em alta de 1,44%, atingindo seu maior valor de fechamento desde 5 de janeiro de 2023.

"Ruídos temporários foram responsáveis pela maior parte da performance negativa do real na semana passada. Embora acreditemos que haverá um alívio no curto prazo, o real pode continuar abaixo de seus pares depois da reunião do Fed", avaliou Eduardo Moutinho, analista de mercados do Ebury Bank.

Cenário externo
Os investidores estarão atentos nesta semana à divulgação de uma série de dados econômicos e decisões de política monetária que devem moldar suas expectativas para o futuro das taxas de juros no Brasil e nos Estados Unidos.

Na quarta-feira, o Departamento de Trabalho dos EUA divulgará dados de preços ao consumidor, com expectativa de analistas consultados pela Reuters de desaceleração em direção a uma alta de 0,1% ao mês, ante o ganho de 0,3% em abril.

No mesmo dia, o banco central norte-americano deve manter inalterada sua taxa de juros na faixa de 5,25% a 5,50%, uma vez que as autoridades permanecem cautelosas com a trajetória da inflação de volta à sua meta de 2%, após números mostrarem na semana passada que o mercado de trabalho no país permanece aquecido.

O Banco do Japão anunciará sua decisão de política monetária na sexta-feira.

A semana começou com os ativos europeus em forte queda depois que as eleições para o Parlamento Europeu no fim de semana confirmaram um amplo avanço da extrema-direita em vários dos principais países da União Europeia, como França, Alemanha e Itália.

Inflação no Brasil e Selic
No cenário nacional, o IBGE divulgará na terça-feira os dados do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) para maio. Analistas consultados pela Reuters esperam uma aceleração ligeira na base mensal, a 0,42%, ante 0,38% no mês anterior.

Os mercados ainda analisam comentários de membros do Banco Central, como o presidente Roberto Campos Neto, que fará palestra ainda nesta manhã em evento da Constellation Asset Management, em São Paulo.

Mais cedo, analistas consultados pelo BC em sua pesquisa Focus elevaram mais uma vez sua projeção para o IPCA ao fim deste ano e do próximo, mantendo estável a expectativa sobre a taxa Selic. Em 2024, os analistas veem os preços fechando o ano com alta de 3,90%, ante 3,88% na semana anterior. Para 2025, a projeção é de alta de 3,78%, de 3,77%.

Houve também aumento também na expectativa para a taxa de câmbio ao fim do próximo ano, com o dólar fechando 2025 em 5,09 reais, ante 5,05 reais na semana passada.

Fonte: agoranoticiasbrasil.com.br/

Comunicar erro
Comentários