28/05/2024 +55 (83) 98773-3673

Geral

Andre@zza.net

Paulo Pimenta toma posse como ministro da Reconstrução do RS

Por Blog do Elias Hacker 15/05/2024 às 15:39:56

O presidente Lula (PT) oficializou nesta quarta-feira, 15, a criação do Ministério Extraordinário de Apoio à Reconstrução do Rio Grande do Sul, que será comandado pelo ministro Paulo Pimenta. Ele será o representante do governo federal no estado para coordenar toda a atuação federal nas obras de reconstrução da região.

A cerimônia de posse aconteceu durante a visita de Lula ao estado gaúcho. Para assumir o novo cargo, Pimenta deixará o posto atual de ministro da Secretaria de Comunicação Social.

"O trabalho que nós temos pela frente é um desafio enorme para cada um, cada uma de nós. Desde o primeiro momento temos trabalhado, quero aqui publicamente dizer isso, em absoluta sintonia e parceria com o governo do estado", disse Pimenta após assinar o termo de posse.

Além da criação do ministério para Paulo Pimenta, o governo federal anunciou a criação de um auxílio de R$ 5,1 mil para famílias afetadas pelas enchentes.

Além de Lula e Paulo Pimenta, a visita ao Rio Grande do Sul contou com a presença do ministro Luís Roberto Barroso, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF). Os presidentes Rodrigo Pacheco (PSD-MG), do Senado, e Arthur Lira (PP-AL), da Câmara, declinaram do convite do governo federal.

Críticas ao nome de Pimenta
A escolha de Pimenta para o posto gerou críticas entre integrantes do PT e por parte dos aliados do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB). O tucano teria ficado sabendo da escolha do nome pela imprensa.

O deputado federal Aécio Neves, um dos líderes do PSDB, chamou a indicação de Pimenta de "excrescência".

"O presidente Lula será responsável pela politização do drama por que passam os gaúchos. Ao indicar um adversário político do governador, o presidente, na verdade, pratica uma intervenção no estado, que tem um governador eleito para tal", disse Aécio ao jornal Folha de S. Paulo.

Para tentar minimizar as críticas, Pimenta disse que vai trabalhar ao lado do governador Eduardo Leite. "O trabalho do governo federal é um trabalho complementar e suplementar ao trabalho do governo do estado e das prefeituras. O presidente Lula me pediu muito que tenha essa dedicação e disposição de colaborar com governo do estado, secretários, prefeituras de todos os municípios atingidos", completou.

Fonte: agoranoticiasbrasil.com.br

Comunicar erro
Comentários