30/05/2024 +55 (83) 98773-3673

Economia

Andre@zza.net

Lucro da Petrobras cai 38% no 1° tri em desempenho abaixo do esperado

Por Blog do Elias Hacker 14/05/2024 às 08:30:51

A Petrobras reportou uma queda de 37,9% em seu lucro líquido no primeiro trimestre em comparação com o mesmo período do ano passado, conforme indicado em seu relatório financeiro divulgado nesta segunda-feira. A diminuição nos lucros, juntamente com a distribuição de dividendos abaixo do esperado, frustrou as expectativas do mercado.

A companhia registrou um resultado de 23,7 bilhões de reais, representando uma queda de 23,7% em comparação com o quarto trimestre. Isso ocorreu principalmente devido a volumes de vendas menores e à diminuição do preço do petróleo e da margem de diesel.

"A desvalorização cambial do real em relação ao dólar, entre outros fatores como menores volumes de venda de óleo e derivados, preço do petróleo e margem do diesel, trouxe impacto", disse em nota o CFO da estatal, Sergio Leite, ao explicar o recuo versus o quarto trimestre.

"Quando ocorre a desvalorização cambial, há flutuação no demonstrativo financeiro pela variação do câmbio que reconhecemos por regra contábil. Contudo, isso não afeta o caixa da companhia."

No período de janeiro a março, o desempenho financeiro registrou um déficit de 9,6 bilhões de reais, comparado a um déficit de 3,2 bilhões no mesmo intervalo de 2023 e a um lucro de 1,4 bilhão de reais no quarto trimestre.

A companhia aponta que esse desempenho financeiro foi majoritariamente influenciado pela perda gerada pela variação cambial do real em relação ao dólar. Ao longo do primeiro trimestre, houve uma desvalorização de 3,2% em comparação ao encerramento de 2023.

Ignorando os elementos não recorrentes, o lucro líquido seria comparável, equivalente a 23,9 bilhões de reais, valor inferior ao previsto pelos analistas. Eles antecipavam um lucro líquido recorrente de 30,2 bilhões de reais, em média, de acordo com um estudo da LSEG.

A empresa finalizou o primeiro trimestre com uma dívida bruta aproximada de 61,8 bilhões de dólares, representando uma redução de 1,2% em relação ao término de 2023 e situando-se no intervalo referencial de 50 bilhões a 65 bilhões de dólares.

Fonte: agoranoticiasbrasil.com.br/

Comunicar erro
Comentários