24/05/2024 +55 (83) 98773-3673

Geral

Andre@zza.net

Estudos revelam que 26% das crianças entre 4 e 6 anos possui smartphone

A geração da tecnologia precisa de bons estímulos

Por Blog do Elias Hacker 13/04/2024 às 19:55:13

Uma pesquisa recente lançada pela Mobile Time em colaboração com a Opinion Box revelou dados surpreendentes sobre o uso de smartphones por crianças. De acordo com o estudo denominado "Crianças e Adolescentes com Smartphones no Brasil", aproximadamente 26% das crianças com idades entre 4 e 6 anos já possuem seu próprio aparelho. Mas o dado que mais chama atenção é que, mesmo entre os pequenos de 0 a 3 anos, 7% já têm seu próprio smartphone.

Diante dessas estatísticas, é tentador cair na armadilha de encarar a tecnologia como uma ameaça ao desenvolvimento infantil, algo a ser evitado ou restringido. No entanto, é fundamental ressaltar que essas gerações já nasceram em um mundo dominado pela tecnologia. Para elas, o uso de aparelhos digitais é uma parte integrante do cotidiano desde muito cedo. Diante desse cenário, os pais são incentivados a refletir: como podemos aproveitar a familiaridade das crianças com a tecnologia de maneira construtiva?

"Devemos considerar que o desafio não está na tecnologia, mas sim na forma como a utilizamos. Ao explorarmos as diversas ferramentas disponíveis, como a música, apps de leitura, jogos que estimulam o desenvolvimento cognitivo e até mesmo o aprendizado de idiomas, percebemos que a tecnologia, quando empregada de forma eficaz, favorece um crescimento saudável na infância", explica a psicóloga Renata Santana de Moura.

Para os pais preocupados com o impacto da tecnologia na vida de seus filhos, vale a pena lembrar que o estímulo positivo é tudo e investir em uma educação que promova o uso consciente e criativo da tecnologia pode ser a chave para prepará-los para os desafios do século XXI. Marco Giroto, fundador da SuperGeeks, rede de escolas especializadas em competências para o futuro, ressalta que é fundamental entendermos que a tecnologia não é apenas uma ferramenta de entretenimento, mas sim uma oportunidade de preparar nossas crianças para o futuro. "Acreditamos que os pais podem aproveitar a aptidão natural que as crianças têm pela tecnologia para incentivá-las a desenvolver habilidades que são essenciais em um mundo cada vez mais digitalizado".

Fundada por Marco Giroto, a proposta da SuperGeeks vai além de apenas ensinar programação ou robótica. Os cursos oferecidos são completos e práticos, voltados para capacitar as crianças e estimular a criatividade. Durante as aulas os alunos aprendem desde habilidades básicas de programação até o desenvolvimento de jogos e aplicativos, adquirindo conhecimentos que serão fundamentais para o futuro.

Podemos ver que com a orientação adequada, o uso consciente e criativo da tecnologia pode se tornar uma ferramenta poderosa para o crescimento e aprendizado das crianças. "Na era digital em que vivemos, não se trata apenas de acompanhar a tecnologia, mas sim de estar à frente dela", conclui Giroto.

Para mais informações sobre os cursos oferecidos pela SuperGeeks, acesse: https://supergeeks.com.br/

Sobre a SuperGeeks

Fundada em 2014, a SuperGeeks é a primeira e melhor escola de Programação e Robótica do Brasil. Seu objetivo é ensinar ciência da computação de maneira divertida e criativa, estimulando a formação de programadores e de uma geração de criadores de tecnologia e não apenas consumidores. A SuperGeeks leciona para todas as idades a ciência da computação e acredita que a programação é essencial para o processo de aprendizagem.

Fonte: SuperGeeks

Comunicar erro
Comentários