01/03/2024 +55 (83) 98773-3673

Esportes

Andre@zza.net

Anúncios do Super Bowl: Descubra o valor exorbitante por apenas 30 segundos!

Por Blog do Elias Hacker 11/02/2024 às 18:56:43

O Super Bowl LVIII, um dos eventos televisivos mais esperados do ano, está novamente estabelecendo recordes no mundo da publicidade. Os custos dos anúncios atingiram US$ 7 milhões por um espaço de apenas 30 segundos, o mesmo valor do ano anterior, mas um aumento de 55% desde 2019. Isso reflete o crescente valor atribuído a este tempo de antena cobiçado.

As maiores marcas do mundo estão dispostas a investir grandes quantias para captar a atenção de uma audiência que supera 100 milhões de espectadores, segundo a CBS News. A ser realizado neste domingo (12), às 20h30 (horário de Brasília), no Allegiant Stadium em Las Vegas, Nevada, este espetáculo esportivo promete ser monumental tanto em campo quanto nos intervalos comerciais.

Entre os anunciantes deste ano estão nomes como Anheuser-Busch e Uber Eats, que apostaram em celebridades como Jennifer Aniston e o casal Victoria e David Beckham em suas propostas publicitárias. Além do alto custo do espaço publicitário, destacaram-se também os investimentos significativos em talento e produções de alta qualidade.

A evolução nos custos dos anúncios durante o Super Bowl tem sido notável, passando de 4,5 milhões de dólares em 2019 para os atuais 7 milhões de dólares, marcando assim uma tendência de alta aparentemente sem fim. Foi em 2020 que foram transmitidos os anúncios mais caros até o momento, protagonizados por Ellen DeGeneres e Portia De Rossi para a Amazon, e uma mensagem emotiva do Google, cada um com um custo estimado de 16,8 milhões de dólares, cobrindo assim espaços de 90 segundos.

"Este fenômeno de experiência compartilhada pode amplificar a ressonância emocional dos anúncios", observou Jura Liaukonyte, professora de marketing da SC Johnson College of Business da Universidade de Cornell à CBS News. Aproximadamente três em cada quatro pessoas afirmam estar realmente emocionadas para assistir aos anúncios durante o Super Bowl, uma expectativa que transforma a publicidade em um tema de conversa tanto durante o evento quanto no dia seguinte, potencializando seu impacto além da tela.

A forma como os anúncios do Super Bowl têm evoluído

Desde os humildes começos do Super Bowl I em 1967, quando exibir um comercial custava um pouco mais de 37.000 dólares, o aumento no custo da publicidade durante este evento tem sido vertiginoso. Para oferecer uma perspectiva, de acordo com dados compilados pelo USA Today, em 1970 o preço era de 78.200 dólares; apenas uma década depois, em 1980, havia saltado para 222.000 dólares.

Durante os anos 90, o custo de entrar nos cobiçados intervalos comerciais do Super Bowl ultrapassou a marca de um milhão de dólares, sendo o Super Bowl XXIX em 1995 o primeiro a cruzar essa barreira com 1,15 milhões de dólares por um anúncio de meio minuto.

A tendência ascendente continuou inabalável no novo milênio, com o Super Bowl XXXIV em 2000 estabelecendo o preço em 2,1 milhões de dólares. Em 2010, o custo estava em torno de 3 milhões de dólares, um preço que ainda era considerado um investimento válido devido ao alcance massivo e à atenção captada.

Fonte: Gazeta Brasil

Comunicar erro
Comentários