01/03/2024 +55 (83) 98773-3673

Tecnologia

Andre@zza.net

Como evitar golpe do Pix e se prevenir de outros crimes no Carnaval

Por Blog do Elias Hacker 10/02/2024 às 12:58:45



Chegou o Carnaval, data mais aguardada dos foliões que vão se jogar em blocos, circuitos, shows, arenas e avenidas. Também é uma das épocas mais esperadas para os setores de comércio e serviços, que lucram com os quatro dias ininterruptos de festa.

Em 2023, conforme a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, a receita do Carnaval no Brasil foi de R$ 8,18 bilhões. Apesar do lucro na conta de comerciantes autônomos e empresários, parte desse lucro acaba sendo desviado para aproveitadores, por furtos e golpes, que se aproveitam da aglomeração e da felicidade alheia.

Diante deste cenário, é importante ficar atento aos golpes, principalmente os que envolvem o Pix, que se consolidou como o principal sistema de pagamentos no Brasil. Para uma folia com mais segurança, o SBT News traz algumas dicas aos amantes do Carnaval.

Quais as principais formas em que o golpe do Pix é aplicado

De acordo com Wellington Silva, gerente de produtos da C&M Software, empresa Provedora de Serviços de Tecnologia da Informação (PSTI), é preciso ficar atento na hora de pagar ou receber algum pagamento pelo Pix. Em meio à folia e a grande quantidade de pessoas, muitas pessoas podem ficar mais suscetíveis a cair em golpes, no Carnaval ou em outras épocas do ano. O especialista traz algumas informações que podem ajudar o folião ou o trabalhador a sair no prejuízo.

Golpes comuns

"Os golpes mais comuns neste período são os de contas falsas de pagamento com QR Code, hackeamento de dispositivos para a criação de contas bancárias, roubo de contas nas redes sociais, em que o golpista adota a identidade de uma pessoa e começa a se passar por ela, pedindo dinheiro para amigos e parentes, e criminosos que divulgam posts em redes sociais, e-mail, SMS ou aplicativos de mensagens com promoções falsas", explica Wellington.

Certificar que recebeu o pagamento

Para garantir a recepção segura do Pix, sempre verifique se o valor foi efetivamente creditado na conta. Caso não tenha acesso direto à conta e dependa apenas do comprovante, atente-se aos dados da conta do beneficiário, evitando Pix agendado, o qual poderá ser canceladas. Ao receber Pix em ambientes com POS, como maquininhas de cartão, esteja atento ao valor da transação e certifique-se de que não se trata de um Pix agendado, garantindo uma transação confiável.

Acionar camadas de segurança no celular

Furtos de aparelhos, roubo de dados e clonagem. Para evitar esses golpes, o usuário deve tomar muito cuidado onde e quando utiliza o seu aparelho, o mantendo em um local seguro e pouco visível. Ao utilizar, principalmente quando acessar a conta da sua instituição para realizar um pagamento, se não há ninguém olhando seus dados e senha.

Além disso, evitar atender qualquer central de atendimento quando estiver festejando, pois se não dada a devida atenção, poderá ceder dados ou até realizar ações que facilitem ou efetuem a aplicação de golpes. Outra ação importante é ativar o máximo possível de camadas de segurança: biometria, senhas e dupla validação. Tomar cuidado com quem está recebendo o Pix e com os QRCodes apresentados, pois estes podem conter um valor já definido e, numa possível falta de atenção, o usuário realizar um pagamento num valor muito superior ao do produto.

Fonte: agoranoticiasbrasil.com.br

Comunicar erro
Comentários