29/02/2024 +55 (83) 98773-3673

Esportes

Andre@zza.net

Justiça retira Ednaldo Rodrigues da CBF e nomeia presidente interino

Justiça retira Ednaldo Rodrigues da CBF e nomeia presidente interino

Por Rennan Santos 07/12/2023 às 15:11:23

REPRODUÇÃO

Ednaldo Rodrigues foi afastado, nesta quinta-feira (7/12), do cargo de presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Decisão cabe recurso e entidade deve recorrer.

José Perdiz, presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), assume o cargo de maneira provisória. A decisão invalida todas as assembleias que elegeram Ednaldo Rodrigues como presidente da CBF.

A votação terminou com três votos a zero pela destituição do presidente da CBF. Haverá uma nova eleição em 30 dias. Votaram pela destituição o relator Gabriel Zéfiro e os desembargadores Mauro Martins e Mafalda Luchese.

Segundo os desembargadores, o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado entre o Ministério Público do Rio de Janeiro e a CBF em março de 2022 é ilegal. Porque o órgão não ter legitimidade para se interferir nos assuntos internos da Confederação por se tratar de uma entidade privada. Termo resultou na eleição de Ednaldo.

A Justiça pode decidir pela anulação da eleição de Ednaldo Rodrigues e todos seus oito vice-presidentes. O pleito ocorreu em 22 de março de 2022.

Porém, no melhor cenário, a ação pode ser invalidada e Ednaldo ficar com seu mandato preservado.

Em 2021, a CBF teve sua eleição anulada pela Justiça do Rio de Janeiro após o então presidente eleito Rogério Caboclo ser afastado por denúncias de assédio.

Fonte: METROPOLES

Comunicar erro
Comentários